Início Destaques Romaria das/os trabalhadoras/es rumo aos 35 anos

Romaria das/os trabalhadoras/es rumo aos 35 anos

72
0

                Romaria das/os trabalhadoras/es  rumo aos 35 anos

            Neste mês de setembro, mês da Bíblia, é também quando se realiza anualmente, a Romaria das trabalhadoras e dos trabalhadores. A Bíblia traz diversas passagens que retratam caminhadas e caminhos, que por sua vez nos lembram romarias.

            Somente no Livro de Samuel já temos dois exemplos: “Prosseguiram, pois, o seu caminho, Davi e os seus homens; e também Simei ia ao longo do monte, defronte dele, caminhando e amaldiçoando, e atirava pedras contra ele, e levantava poeira (2 Samuel 16,13).

“E quanto a mim, longe de mim que eu peque contra o Senhor, deixando de orar por vós; antes vos ensinarei o caminho bom e direito” (1 Samuel 12,23).

            Com a realização da Romaria das trabalhadoras e dos trabalhadores a cada ano, um dos objetivos é reacender a esperança no povo. Isto claramente acontece para muitas pessoas, tendo em vista a avaliação positiva da romaria, mesmo neste cenário de pandemia.

            Emoção e beleza

            Os materiais apresentados de forma virtual pelas redes digitais foram muito apreciados pela estética e bons textos. Foram também elogiados os banners, camisetas e as máscaras. Quem avaliou a programação da romaria relatou que a missa de 7 de setembro na Basílica de Aparecida, com representantes da coordenação da Romaria e do Grito das/os Excluídas/os, foi muito emocionante, principalmente na entrada e na mensagem à Nossa Senhora Aparecida.  Foi afirmado que a simbologia deste ano significou um “salto de qualidade” na conexão com as pessoas e na divulgação da mensagem da classe trabalhadora pelos meios digitais e meios de comunicação, como a TV Aparecida. Para a participação das/os trabalhadoreas/es na Missa, a articulação feita por Dom Reginaldo Andrietta foi fundamental. Dom Reginaldo é Bispo da diocese de Jales e é o assessor episcopal da Pastoral Operária em nível nacional.

             Segundo integrantes da coordenação da Romaria, os acontecimentos do 7 de setembro “mudaram de cara”.

            Romaria 2022

            O trabalho para a preparação da 35ª. Romaria em 2022 se inicia no mês de fevereiro, com o planejamento de se ter mais jovens inseridos no processo e também com inserção maior da população do município de Aparecida. Desta vez, a programação voltará a ser realizada de forma presencial, mas mantendo as transmissões on line. Será um ano agitado, com eleições e 200 anos da “desindependência” do Brasil. Assim, os eventos devem ser mais marcantes. O plano é realizar um documentário com depoimentos para celebrar os 35 anos.

De agora em diante, o lema “REZAMOS E LUTAMOS” deverá ser mantido junto a todos os próximos temas da Romaria a cada ano.

Texto de Antônia Carrara | Coordenação da Romaria

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui