Início Destaques Encontro para unir e organizar a luta

Encontro para unir e organizar a luta

1389
0

Unir a classe trabalhadora é uma utopia sempre presente.  Karl Marx no século 19, já dizia: “ Trabalhadores do mundo todo, uni-vos.”

A Pastoral Operária, em seu intuito de evangelizar e animar a classe trabalhadora , atua passo a passo, tendo  à frente esta utopia.

No desejo de contribuir com tão sonhada união, a Pastoral Operária de São Paulo realizou no dia 13 de novembro, um encontro virtual com sete categorias de trabalhadoras e trabalhadores no sentido de ouvir e unir para um agir comum. Assistentes sociais, bancárias, trabalhadores da construção civil, empregadas domésticas, trabalhadores da cultura, trabalhadoras/ es da economia solidária e professoras/es falaram sobre: suas organizações, dificuldades, suas lutas e os avanços conquistados. 

Ao final de todas as falas, foi percebido que há muitas questões em comum entre todas as categorias presentes. No campo dos desafios foram apresentados: a dificuldade de se entender como classe,  as más condições de trabalho, a retirada de direitos pelas reformas trabalhista e previdenciária, a aposentadoria e além de tudo isto, falta ainda, mais participação nas lutas.

Sobre os avanços, o que se tem em comum são: campanhas salariais, acordos coletivos que garantem direitos, conquista de políticas públicas, constituição de coletivos e entidades que agrupam as/os trabalhadoras/es.

Um ponto realmente convergente entre todas as categorias é o inimigo comum, que é o sistema capitalista. Os patrões também são um inimigo presente, a não ser para os grupos de economia solidária que trabalham com autogestão, sem chefes nem patrões.

Outra convergência é que todas as categorias têm organização e lutas.

Diante dessa revelação de situações muito parecidas, foi marcado um novo encontro para fevereiro de 2022, para se aprofundar esta questão e planejar sobre como unificar ações e somar as lutas. 

 _____________________________________

Karl Marx viveu de 5 de maio de 1818  a 14 de março de 1883. 

Foi um filósofo, sociólogo, historiador, economista, jornalista e revolucionário socialista. A obra de Marx em economia estabeleceu a base para muito do entendimento atual sobre o trabalho e sua relação com o capital, além do pensamento econômico posterior. Publicou vários livros durante sua vida, sendo O Manifesto Comunista (1848) e O Capital (1867–1894) os mais proeminentes.

Texto de Antônia Carrara | PO estadual de SP

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui